São muitos benefícios em se tornar um assinante Belicosa!

Crianças com QI elevado desafiam escolas em busca de mais estímulo

Por Maria Augusta Ribeiro

Cerca de 3% da população mundial têm altas habilidade e QI elevado, segundo dados da OMS. Para isso, escolas do mundo todo se preparam para identificá-los e criar ambientes estimulantes que proporcionem o aprendizado ideal.

superdotados-#belicosa555Uma criança superdotada tem QI (qoeficiente de inteligência) acima de 130, que se comprova através de testes realizados depois dos 6 anos e por profissionais preparados. No Brasil eles devem ser vinculados ao conselho nacional de psicologia.

Para saber se seu filho é uma destas crianças não basta ser bom aluno, é preciso fazer testes para identificá-lo, lembrando que notas excelentes não são sinônimo de QI elevado.

Muitos desses alunos são confundidos com desinteressados, ou portadores de déficit de atenção, problemas visuais ou hiperatividade, já que são especialistas em áreas que gostam, mas as que não são estimuladas não têm seu interesse.superdotado-#belicosa555

Da mesma forma que algumas escolas se prepararam para receber alunos portadores de deficiência, os superdotados também requerem atenção, e precisam de estratégia para que aprendam e se desenvolvam.

Criar um ambiente escolar adequado que estimule o aluno acima da média a melhorar seu desempenho e a se manter interessado pelas aulas normais é o desafio da atualidade. Para isso algumas investem em atividades recreativas, esportivas ou aulas mais específicas, tudo para manter o aluno ativo.

superdotado-#belicosa555Outro fator que auxilia o desempenho desse aluno é a conduta dos pais que, por terem filhos super inteligentes normalmente, avançam séries, ou atividades extracurriculares em excesso. Isso irá fazer dele um ótimo aluno, mas jamais uma criança mais madura.

Se educar é a chave para o futuro, tanto para alunos regulares, como para os portadores de deficiência ou com super habilidades a acessibilidade na escola se faz necessária para transformar alunos em cidadãos emocionalmente preparados para o futuro.

Compartilhe:






Saiba mais sobre
Comportamento Digital

Conteúdo especializado produzido por
Maria Augusta Ribeiro

Leia também



consumo digital

Entenda o consumo digital pela Netnografia

Saiba como compreender padrões de comportamento do consumidor online

instgramização

A instagramização das marcas

Como o Instagram esta mudando a maneira das marcas se projetarem em espaços físicos.

maturidade digital

Maturidade digital: Você tem?

Saiba quais são os 3 pilares para a integração da tecnologia e o comportamento digital

Pessoas online agora no site

21 pessoas online no site agora
Venha fazer parte do Clube Belicosa