Saiba como ensinar sobre sexualidade para crianças e jovens no dia mundial da Saúde.

Por Maria Augusta Ribeiro

Pesquisas revelam que 35% dos brasileiros faz sexo pela primeira vez antes dos 13 anos. E a educação sexual adequada pode reduzir este numero, prevenir doenças e a gravidez indesejada.

sex-education-#belicosa555

O tema é delicado, mas se a família e a escola nao abordarem o sexo como informação crianças e jovens irão aprender em outro lugar e de maneira errada.

Revistas, Tv e a internet usam o sexo para chamar a atenção e nao informar. E falar em casa abertamente sobre preservativos, anticoncepcionais e doenças sexualmente transmissíveis é a melhor forma de orientar.

No Reino Unido a disciplina de educação sexual é obrigatória nas escolas dos 5 aos 16 anos reduzindo 40% dos casos de transmissão de DSTs em jovens.

sex_ed-#belicosa555Aids, Câncer de colo de útero e hepatite são algumas das doenças que jovens despreparados para o sexo podem contrair por falta de informação.

Preparar a criança e o jovem para a vida sexual adulta não é o incentivo do sexo. E ensinar como cuidar do próprio corpo, prevenir sobre a violência sexual  e informar  questões do publico gay é fundamental para a educação sexual desses jovens.

Postos de saúde também podem auxiliar ja que  distribuem gratuitamente camisinha, anticoncepcionais e material informativo.

Pais e escola são indispensáveis para a educação sexual desses jovens e palestras informativas, Internet e um bate papo descontraído ajudarão a educar e nao incentivarão a sacanagem.sexualidade_infantil-#belicosa555

Compartilhe:






Saiba mais sobre
Comportamento Digital

Conteúdo especializado produzido por
Maria Augusta Ribeiro

Leia também



aulas online

AULAS ONLINE: A realidade que não ensina mais.

Porque as telas não auxiliam o aprendizado nas aulas online

netnografia

Netnografia: Mapeando os hábitos do consumidor on-line

Método que mistura pesquisa de mercado com internet está ajudando empresas a posicionarem

BBS

BBS Você sabe o que é isso?

BBS: Bebês, Babás e Smartphones. Tudo o que precisa saber sobre as telas