Tecnologia demais, tempo de menos.


Exigimos que a tecnologia de hoje seja cada vez mais eficiente para que possamos, ter mais tempo livre. E smartphones cada vez mais rápidos, internet das coisas cada vez mais conectadas e até inteligência artificial do bem nao param de surgir. Mas, será que tecnologia de mais esta nos deixando com tempo de menos?

Sou da época onde o computador era mais uma máquina de datilografar inteligente do que este super acessório com milhões de funções de hoje. Para se conectar à internet eram necessários alguns minutos e um cabo para fazer a conexão.

106408-004-533ba9a8Além disso, não era todo mundo que possuía e-mail, o Google ainda não era confiável, e nada acontecia se o processador do seu pc não funcionasse fazendo um mega barulho de liquidificador.

Assim, o tempo em ambiente virtual era limitado, e quando saímos do escritório, não continuávamos a trabalhar, pois e-mail ia só no outro dia. Usávamos o telefone para falar com as pessoas, e lazer não era jogar Pokémon.

Atualmente a regra é outra e estar online e off-line é o mesmo que estar acordado ou dormindo. A referência de conexão foi alterada e toda tecnologia que antes servia para ganhar tempo, agora nos faz reféns de sua eficiência.

Hoje trabalhamos depois do expediente, estudamos enquanto esperamos o ônibus e brincamos com nossos filhos utilizando uma tela como ferramenta, o que é excelente porque temos mais acesso à informação.

Em contrapartida, observamos menos os problemas do colega de escritório, nos isolamos para aprender enquanto devíamos compartilhar, e curtimos menos nossos filhos, afinal estamos sem tempo ou cansados.

A cada dia, mais avanços tecnológicos despencam no mercado, com a única finalidade de facilitar nosso trabalho e fazer com que tenhamos mais tempo para o que realmente importa.

smartphone-adolescenteMas o que parece evolução acaba não sendo. Penso que utilizar a tecnologia a nosso favor não signifique passar e-mails pelo smatphone enquanto tenta ver um filme no Netfix, nem aprender idioma novo usando o Translator por preguiça, e muito menos acreditar que todos os brinquedos vêm com uma bateria.

De verdade temos muito mais tempo, mas não aproveitamos porque estamos nos utilizando da tecnologia como muleta para encobrir problemas muito maiores, como a falta de carinho dos pais, os problemas de relacionamento no escritório, e o pouco contato com quem ama a gente de verdade. Tecnologia é ótima, mas contato humano é essencial.

https://www.youtube.com/watch?v=Vi-QdA541zs

Recentemente a Masterfood fez uma enquete utilizando famílias americanas e lhes fizeram a seguinte pergunta: Se pudesse jantar com alguém, vivo ou morto, quem seria?

As perguntas foram feitas separando o grupo dos filhos e depois dos pais. As respostas dos pais foram desde Marilyn Monroe até Justin Bieber. Já a dos filhos foi… simplesmente jantar junto com os pais.

E te pergunto: O problema é a tecnologia? Ou será que estamos utilizando a tecnologia como muleta para encobrir nossos problemas de comportamento? Pense nisso.

Por: Maria Augusta Ribeiro. Profissional da informação, especialista em Netnografia, escreve para o Belicosa.com.br e é Coordenadora de Comunicação da BPW Brasil.

 

 

Previous Ressignificação de Hábitos nas Redes Sociais
Next Desafios da Inclusão Digital Feminina 3.0

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *