São muitos benefícios em se tornar um assinante Belicosa!

Um numero crescente de palestrantes, autores e CEO tidos como autoridades digitais, de quem nunca ouvimos falar nos questiona: Será que este prestígio não é artificial? E nos  podemos fazer para não seguir um pseudo especialista em nada?

Se este ou aquele profissional com inúmeras menções no Google é mesmo alguém a ser levado a sério, a dica matadora é começar pelas perguntas simples: quem, quando, como e onde.

Quando comecei a escrever em ambiente digital, há 6 anos, realizei uma palestra em que tudo corria bem, até que uma pessoa me perguntou quem eu era. Genteeeee, aquilo soou como uma agressão intima e altamente invasiva.

Durante anos aquilo me incomodou. Como é que poderia compartilhar conhecimento com as pessoas, se ninguém sabia a minha verdade? Decidi então que não haveria obstáculos, e mesmo escrevendo pouco, faria o meu melhor para produzir conteúdo que fosse útil.

Estava super empolgada com a ideia de “sangrar e escrever”, até que um email mudou de novo a estratégia. Basicamente, um mega profissional literalmente me descascava. E mais uma vez a minha autoridade era questionada. Como é que alguém como eu intitulado especialista em netnografia, poderia ser expert em algo que não tinha 20 anos de existência?

Sou PHD em chororô, e aquilo ultrapassava mais uma vez o limite entre o profissional e o ser humano que estava ali. E com o tempo a gente aprende que estar na internet é estar exposto aos moedores de carne que nos refinam e nos transformam em produtos melhores

As experiências vividas servem para contextualizar um momento digital onde temos muita gente bacana sendo propagada em ambiente digital. Eles muitas vezes nao tem livros publicados, sites super visitados ou um publico de milhões de seguidores em suas redes sociais. Mas nos trazem a verdade sobre assuntos abordados, pontos de vista marcantes e nos ajudam a compreender como é estimulante e perigo o universo online.

E mesmo ainda sendo um “bebê que escreve sobre netnografia”, cada dia mais me interesso pelo comportamento das pessoas em ambiente virtual. O relato simples e comum acontece com milhões de pessoas, mas, quando o proposito é real, a gente segue em frente tem sucesso e fica feliz com o trabalho realizado.

Leia também: Empreendedorismo de Palco

Em contrapartida ter prestigio digital hoje em dia não é fácil. Mesmo que tenha publicado livros, participado de palestras e estudado muito, você pode ser ignorado digitalmente durante toda uma vida.

Esteja preparado para receber críticas ferozes, e saiba que tudo que disser pode e será usado contra você em momento oportuno. Para isso é bom não ficar de firula e vá direto ao ponto.

E mais, se você tem formação profissional, representa alguma organização, ou teve alguma experiência marcante com uma celebridade é melhor ter documentos que comprovem isso.

Não importa se começou agora ou se tem 20 anos de estrada, guarde tudo, pois no futuro pode precisar para mostrar a que veio. Dos invejosos aos críticos construtivos todos serão satisfeitos com uma foto ou um pedaço de papel.

Se ao menor sinal de dúvida você consulta o google, imagine os outros quando ouvem seu nome pela primeira vez. Para isso, unifique suas redes sociais, não tire fotos que possam lhe comprometer e seja verdadeiro.

Fazer o dever de casa na internet é primordial, já que ela pode moer reputações como quem móe carne para as almôndegas no jantar. Pense nisso!

Por: Maria Augusta Ribeiro. Profissional da informação, especialista em Netnografia, escreve para o Belicosa.com.br e é Coordenadora de Comunicação da BPW Brasil.

Compartilhe:






Saiba mais sobre
Comportamento Digital

Conteúdo especializado produzido por
Maria Augusta Ribeiro

Leia também



netnografia

Afinal de Contas o que é Netnografia?

Saiba como entender o comportamento do consumidor em tempos digitalizados

influencia a compra dos consumidores digitais

O que influência a compra dos consumidores digitais?

Saiba porque experiencia de consumo é tudo para vender

tela

Seu bebê está pronto para usar uma tela?

Tela demais atrapalha o sono, rouba a atenção e compromete a fala do bebê

Pessoas online agora no site

22 pessoas online no site agora