Como a tecnologia está influenciando a saúde dos homossexuais.

Por: Maria Augusta Ribeiro

A enxurrada de aplicativos, chats e programas direcionados ao público LGBT tem incentivado o sexo casual e a falta da construção de relacionamentos, estimulando a ansiedade generalizada.

ANSIEDADE-gay-#belicosa55A indústria virtual de todo o mundo se especializa cada vez mais em produtos direcionados ao mercado gay, onde a orientação sexual diferente é sinônimo de lucro.

Porém, o aumento pela procura de especialistas comportamentais, psicólogos e médicos psiquiatras pela comunidade LGBT é grande. E conter a falta de contato com as pessoas e a necessidade tecnológica é cada vez mais complicado.

ansiedade-gay-#belicosa55A falta do flerte, da negativa, e até das discussões faz desse público uma grande comunidade em aceitação social mais frágil e ansiosa em receber o respeito e carinho devidos.

Esqueça o Tinder, vá a locais públicos ainda que sozinho. Converse com seus amigos e diga como se sente. Eduque seus filhos para respeitar a diversidade.

ANSIEDADE-gay-#belicosa55Cuidado com as palavras: ainda que em tom de brincadeira, a “Bichona”, “Sapata” e tantos outros títulos apelativos podem ofender, e gente com pouca blindagem emocional pode revidar.

Grupos de ajuda, encontros profissionais e orientadores são uma excelente ajuda para ampliar horizontes e parar de receber sexo fácil e começar a construir relações que sejam para a vida toda.

Compartilhe:






Saiba mais sobre
Comportamento Digital

Conteúdo especializado produzido por
Maria Augusta Ribeiro

Leia também



telas

Será que sou dependente das telas?

Saiba porque a tecnologia esta criando gerações dependentes das telas

jogos online

Jogos online: vilão ou mocinho?

A exposição aos jogos online está oferecendo mais riscos do que benefícios?

netnografia

Netnografia: 3 Formas de analisar o comportamento do consumidor

Metodo de pesquisa digital vai ajudar o empreendedor a entender o consumidor -netnografia