Carente de segurança pública, cidadãos usam práticas saudáveis para se protegerem de furtos e  roubos.

Por Maria Augusta Ribeiro

Uma avalanche de roubos, furtos e violência generalizada assola o país, que prefere investir no futebol, ao invés de garantir a qualidade dos serviços públicos prestados à população. E, na falta de segurança pública, o cidadão multiplica dicas para evitar ser lesado, aprenda aqui alguma delas.

dicas+seguranca+cartoes+de+credito+caixas+eletronicos-#belicosa555Com o aumento das fraudes no Brasil, somente nos meses de janeiro e fevereiro se registraram 186 mil tentativas de uso indevido de cartão de crédito, e tirar xerox deles e de seus documentos pessoais e guardá-los em local seguro é a primeira atitude para garantir segurança.

Informar à operadora de cartão de crédito ou débito, porteiro do prédio, e seu vizinho, de sua viagem, pode alertá-los quando alguém desejar furtar sua casa ou clonar seu cartão contando com a ajuda deles para proteger seus bens.

balada-wallpaper-#belicosa555Evite estacionar em local ermo, sem iluminação, e deixar objetos dentro do carro. Certifique-se ao sair e entrar que não ha ninguém por perto, e conversar com amigos de porta aberta ou demorar demais para entrar no carro é vacilo.

Festivais, baladas e  ate festinha intima, a regra é apenas um cartão, pouco dinheiro e celular protegido. De preferencia bolsas fechadas e carteiras no bolso da frente caso contrario pode perder mais do que uma simples peça do guarda roupas.

porteiro-#belicosa555Aos pais e mães de plantão, os limites evitam problemas, e alguns ambientes não são adequados aos seus filhos; assim não os deixem ir. Se comunicar por celular e estabelecer um horário para avisar que chagaram da noitada não custa, e deixa família despreocupada. Isso não é monitoramento, e sim segurança afetiva.

Desconfie de abordagens em aeroportos, locais de muita passagem ou pelo telefone de pesquisas que precisam saber seu CPF ou seu endereço. Isso também é valido para cadastros via internet, nao forneça este tipo de informação.

E lembre-se: a qualquer furto ou roubo, dê queixa, é chato, mas quem sabe se recupera o que foi levado. Assim, em país sem segurança pública de qualidade, cidadão esperto e  com hábito saudável evita ser lesado, certo?

Compartilhe:






Saiba mais sobre
Comportamento Digital

Conteúdo especializado produzido por
Maria Augusta Ribeiro

Leia também



aulas online

AULAS ONLINE: A realidade que não ensina mais.

Porque as telas não auxiliam o aprendizado nas aulas online

netnografia

Netnografia: Mapeando os hábitos do consumidor on-line

Método que mistura pesquisa de mercado com internet está ajudando empresas a posicionarem

BBS

BBS Você sabe o que é isso?

BBS: Bebês, Babás e Smartphones. Tudo o que precisa saber sobre as telas