Escambo em versão Digital


Por: Maria Augusta Ribeiro.

Há milhares de anos utilizamos a troca de produtos ou serviços sem o uso da moeda. E em momentos de crise, o escambo passa do físico para o digital.

Hoje permutamos, fazemos transações e trocamos produtos que não utilizamos mais para dar lugar aos que precisamos ou desejamos.

26_atividadeSites, redes sociais e grupos de whatsapp são criados para aproveitar ao máximo o que se compartilha, criando oportunidades em meio à falta de dinheiro.

O escambo pode ser quando você adquire uma TV, e paga com a prestação de serviço de marcenaria ao dono da mesma. Pode ser entre prestações de serviços contínuas, como anunciantes de site em sistema anual que utilizam a academia que anuncia. E ainda, há a troca de habilidades manuais, como crochê, desenho ou design.

troca-de-livros_okNa área da educação a permuta de aulas, conhecimento e inovação acontece via Skype, Chat, e em vídeo aulas. Exemplo disso é o profissional que precisa aprender inglês e faz o marketing da escola de idiomas.

O escambo digital proporciona a inclusão social, digital, e o intercâmbio de realidades diferentes.

shutterstock_4115608-resoluc3a7c3a3o-do-desktopImagine que, ao trocar um livro que não usa mais com alguém que não pode pagar por um com dinheiro, mas, como pagamento, vai lhe ensinar a dançar balé, quem sabe pode ser um grande profissional amanhã. Então, você será responsável por transformar a vida de alguém.

escamboO escambo vai além, e incentiva outras gerações a participar. Bebês e crianças que trocam brinquedos, roupas e até seus berços criam, desde pequenos, a cultura da valorização do ser e não somente do ter.

O objetivo do escambo digital é muito maior do que usar da criatividade para driblar a falta da moeda. É a possibilidade de ajudar alguém, compartilhar experiências, adquirir conhecimento e ainda ser muito mais feliz. Pense nisso.

Previous Black Friday Digital
Next Internet das Coisas em 2016

4 Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *