Saiba por que a sociedade está tolerando comportamentos ignorantes.

Por: Maria Augusta Ribeiro

Não é de hoje que a sociedade muda o foco dos valores morais habituais. Nunca fomos tão plugados e tão pouco conectados ao que acontece além do espaço digital.

Olhares são mais direcionados para as telas brilhantes dos celulares do que para o ambiente externo.

burro-#belicosa55Deixamos de dar bom dia para o porteiro, fazemos campanha em prol dos animais, mas matamos o gato na esquina, e outras ignorâncias.

Pessoas mais introvertidas, menos gentis e egoístas proliferam como insetos.

Compartilhamos, curtimos e repostamos o que acontece no digital, mas atitudes efetivas não se veem. Falta brilho no olhar, gana para vencer, e foco para persistir.

burro-shrek-#belicosa55Estamos ficando emburrecidos pelo acesso à informação? Lógico, não sabemos mais procurar no dicionário, folhear um livro, nem prestar atenção a uma história que não seja impressa pelo virtual.

Crianças que não sabem mais como andar de bicicleta, adolescentes sem limites e adultos chatos é o resultado da era Google.

Todos são mais ansiosos, frustrados e cansados. A sensação de que sempre estamos atrasados ou de que perdemos a piada do dia é constante.

fondo-asno-#belicosa55Hábitos massificados pela tecnologia, onde se perde a noção de tempo, valores e percepções é comum.

A culpa é do universo digital? Não, a culpa é sua! Não há porque comprometer a tecnologia se é você quem extrapola o limite e não sabe mais responder quem descobriu o Brasil sem acessar o Google.

burro-shrek-#belicosa55Comece o detox digital já, ou sua saúde mental será emburrecida pelas dezenas de vezes que acessa as mídias sociais, curte a foto do colega, compartilha a piada do vizinho, e republica notícias sem saber se procedem.

Somos tão curiosos; então, por que não utilizar esse potencial para nos tornarmos melhores? Discuta, pergunte e se convença de que emburrecer também é possível.

Compartilhe:






Saiba mais sobre
Comportamento Digital

Conteúdo especializado produzido por
Maria Augusta Ribeiro

Leia também



#netnografia

Pai, você presta atenção ao tempo de tela do seu filho?

Porque o pai é o responsável pela tecnologia absorvidas pelas crianças em casa

netnografia

Belicosa: A força da Netnografia no Séc. XXI

Saiba quais as vantagens dessa pesquisa que busca ouvir o consumidor online

#maturidadedigital #telanamao #criancasetelas #maturidade #belicosa

Seu filho tem maturidade para ter uma tela na mão?

Saiba porque crianças menores de 10 anos não tem maturidade necessária para administrar o