Mais Conversa e Menos Conexão


Não importa se você é da geração X, Y, Z, ou do raio que o parta; a internet nos nivelou num ambiente de conexão, mas deixou uma lacuna para as conversas cara a cara.

Já reparou como seu filho tem amigos que não se desgrudam via smartphone, e quando se encontram ficam desconfortáveis? Ou como ficamos felizes quando um mega profissional nos adiciona em sua rede linkedIn, e quando os conhecemos pessoalmente eles não são tão especiais assim?

favela_internet-#belicosa55Isso acontece porque a capilarizaçao das redes na internet faz com que sejamos mais ousados, temos a noção que conhecemos todos mundo e evitamos frustrações que aconteceriam numa conversa cara a cara.

O www fez por nos apenas o nivelamento em ambiente digital que propaga reflexo o nosso comportamento, e antes que você me diga que é a internet a culpada, sorry, aqui ela não é a vilã, quem tem culpa no cartório é o ser humano.

Estamos mais egocêntricos, tímidos e despreparados para algumas situações, que antes eram resolvidas numa boa conversa.

conexao,#belicosa55Gerações como a minha e a sua têm dificuldade de se expressar, são mal compreendidas e por vezes são mal interpretadas.

Com a internet somos expostos a informações tão rapidamente que pessoas durante uma vida, não tinham acesso em outros tempos. Isso faz de nós consumistas digitais, e nos esquecemos que a voz humana tem um papel importantíssimo em nossa formação.

shouting-smartphoneMuitos de nossos processos sociais, linguísticos e emocionais são aprendidos ao se escutar a voz da nossa mãe. Imagine das outras pessoas? Assim podemos utilizar a internet como conexão e conversa, já que tem diversos artifícios que possibilitam usarmos a tecnologia e conversar.

Recentemente tive uma experiência com um profissional onde, em vez dele atender minhas ligações, ficávamos trocando e-mails malcriados um para o outro. Demoramos cerca de um mês para resolver um obstáculo que de trabalho, que com 30 minutos de conversa, estaria resolvido.

Então lhe pergunto: Será que estamos utilizando a tecnologia de forma errada? Somos mais conectados, mas interagimos pouco colega de trabalho, à professora do seu filho, e pior, com às pessoas que realmente amamos sem utilizar um smartphone, tablet ou um pc.

casal-#belicosa55Em temos onde wi-fi reina a dica é o equilíbrio entre o virtual e o real. Deu saudades? Liga; Precisa resolver um problema com colega de trabalho? Marque um café. Quer encurtar distancias? Use a boa e velha maneira de se relacionar com as pessoas: Cara a Cara. Pense Nisso!

Por: Maria Augusta Ribeiro. Profissional da informação, especialista em Netnografia, escreve para o Belicosa.com.br e é Coordenadora de Comunicação da BPW Brasil.

Compartilhe!

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *