A netnografia e o marketing de hoje


O conceito tradicional do marketing está em compreender as necessidades e desejos dos consumidores e criar produtos e serviços que gerem valor para o cliente. Mas como unir a netnografia ao marketing?

Com a evolução do mercado digital, o grande desafio dos gestores é compreender as dores, medos, anseios, sonhos, hábitos e comportamentos dos clientes. E para fazer isso de forma mais assertiva a solução esta em agregar o big data e a netnografia para avaliar o que deseja o seu mercado.

No livro “Netnografia Como compreender o consumidor por meio do seu comportamento digital”,  escrito pelo Fernando Coelho e que assina essa artigo comigo podemos ter uma noção de como é o uso da netnografia e como um procedimento de pesquisa em ambientes virtual visivelmente inspirado na etnografia já consagrada pela antropologia.

Da mesma forma que o antropólogo se insere na cultura ou grupo a ser estudado e lá realiza observações estruturadas e detalhadas e ao mesmo tempo participa das atividades, o netnógrafo também o faz, mas de forma menos invasiva.

O intuito principal dessa metodologia de pesquisa é analisar novas formas de relacionamento entre os usuários e os seus hábitos de consumo, assuntos de interesse, percepção e formas de uso de produtos e serviços.

Na publicidade esses profissionais realizam o cruzamento de dados e criam mensagens e soluções de branding que atendam à necessidade do usuário, considerando diferentes perfis.

Os links patrocinados e anúncios são um excelente exemplo de estratégia, indo mais além, pode-se também realizar melhorias em produtos, processos, relacionamento com os clientes, brand perception e outras variáveis de marketing.

Quando o departamento de marketing de uma marca analisa o comportamento digital do seu cliente, isso torna as tomadas de decisão mais poderosas e certeiras.

Apesar do método ser de vanguarda, sua utilização ainda é nova e causa dúvida nos contratantes, já que entendem que o método pode ser apenas coleta de dados ou métricas.

Os netnografos entendem profundamente o comportamento humano e observam atentamente como as pessoas se relacionam e convivem no digital, para captar informações úteis ao contratante e transcrevê-las para que seja possível a tomada de decisão estratégica.

Experiência de consumo, cultura, valores tudo é aliado para que o cliente seja entendido como influenciador, e o método acaba sendo mais sobre qualidade do que quantidade. O que acaba por agregar técnicas de big data, geomarketing e monitoramento para que o estudo seja completo.

A amplificação do digital fez com que o consumidor fosse cada vez mais observado e estudado para que seus rastros digitais, hábitos e artefatos culturais fosse utilizado na construção de melhores produtos e serviços.

Como qualquer método de estudo, a netnografia não vai resolver todos os problemas de uma marca que não tenha, na gestão de sua empresa, o foco para traçar estratégias mercadológicas de impacto.

A netnografia é uma arma poderosa para saber com quem sua marca está falando e quem está falando com ela.  E a inclusão desses insights dentro do marketing estratégico e a curadoria do que agrada ou não seu cliente esta ligado fara com que cada vez mais as empresas sejam mais assertivas em suas decisões.

Este artigo foi feito a 2 mãos. Pelos autores Maria Augusta Ribeiro – Belicosa.com.br e  pelo Professor Fernando Coelho 

Compartilhe!

Previous Pescoço de SMS voce tem isso?
Next Quanto vale o seu dado?

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *