Por Maria Augusta Ribeiro

Fala-se tanto em fazer o bem. Mas na pratica a cidadania é algo cada vez mais difícil de ser vivenciado pelo cidadão.

Hoje milhões de pessoas anseiam em fazer algo que possa ser transformador social, porem gentilezas, valores e educação são cada vez menos frequentes, não importando se são em grandes centros ou pequenas comunidades.

porteiro,#belicosa55A vida moderna exige do cidadão cada vez mais. Falta tempo, dinheiro e o fator violência inibe quem deseja ajudar. Então como fazer o bem na pratica.

Recorrendo ao simples. Dedicar um pouco do seu tempo e dizer bom dia ao porteiro do prédio  faz a diferença.

Em vez de esmola que tal um café quentinho ao morador de rua que cruza seu caminho? Ja pensou em  financiar os estudos do colega de trabalho?

sopa,#belicosa55Deseja fazer mais…. Doe tempo: Lares de idosos  e crianças estão cheios de espaços para receber pessoas que possam ler, contar historias ou ensinar uma habilidade.

Exercite a carona solidária: colegas de trabalho, alunos de uma mesma escola ou mesmo o seu vizinho podem estar indo pelo mesmo caminho. Alem disso, polui menos, economiza e pode ser uma maneira prazeirosa de se conectar as pessoas.

original_03_21_12_22_inauguracao_jardim_descobertas_07Cultive arvores e cuide das que ja existem em vias publicas. Ha muitas praças precisando de zeladores sustentáveis. Assim você pode fazer o bem e desestressar, pois o manuseio de plantas ativa a circulação.

E que tal começar a usar a faixa de pedestre: Saiba que 90% dos acidentes com pedestres são por atropelamento fora da faixa e se sua cidade não tem muitas faixas, exija do DETRAN.

carona-solidaria,#belicosa55No caso das doações de alimentos, brinquedos e ou roupas certifique-se de que os alimentos estão dentro do prazo de validade e apropriados para o consumo, brinquedos estragados servem apenas para oficinas e roupas para serem usadas não devem estar sujas ou rasgadas.

Nao estamos reinventando a roda aqui, apenas lembrando que pequenos gestos geram sim grandes ações quando praticados de forma continua e quando cheios de boa vontade são o exercício de cidadania mais bacana praticado por alguém.

Compartilhe:






Saiba mais sobre
Comportamento Digital

Conteúdo especializado produzido por
Maria Augusta Ribeiro

Leia também



#netnografia

Pai, você presta atenção ao tempo de tela do seu filho?

Porque o pai é o responsável pela tecnologia absorvidas pelas crianças em casa

netnografia

Belicosa: A força da Netnografia no Séc. XXI

Saiba quais as vantagens dessa pesquisa que busca ouvir o consumidor online

#maturidadedigital #telanamao #criancasetelas #maturidade #belicosa

Seu filho tem maturidade para ter uma tela na mão?

Saiba porque crianças menores de 10 anos não tem maturidade necessária para administrar o