Seja um voluntário e faça a diferença neste Natal

Por Maria Augusta Ribeiro

O trabalho voluntário vem ganhando espaço quando o assunto é fazer o bem, o que proporciona engajamento do cidadão que dedica seu tempo e esforço sem remuneração, direcionando a sua atividade para ajudar alguém.

belicosa555-natalAo escrever este artigo a inspiração veio de uma amiga, que por meio do voluntariado consegue se conectar ao outro e compreender, de fato, os desafios e dificuldades alheias. Assim, quem deseja ser um voluntário, pode começar identificando uma habilidade sua que possa ser usada a favor do outro.

 Boa vontade, consistência e dedicação são necessárias para o voluntário, onde aquela contribuição esporádica não pode ser reconhecida como voluntariado.

natal-#belicosa555Procurar escolas, creches, hospitais e organizações não governamentais são uma boa maneira de se candidatar a voluntário, mas existem alguns sites e aplicativos que podem ajudar a identificar quem está mais próximo e assim ajudar.

Sabe costurar? Ensine. Conte histórias para crianças, organize mutirões de limpeza de espaços públicos de sua cidade, seja apoio técnico na administração de alguma organização sem fins lucrativos, enfim se vista de papai noel e com isso fará o bem, se sentirá melhor, e receberá a gratidão de quem não tinha com quem contar e achou você para ajudar.  Feliz Natal!

Compartilhe:






Saiba mais sobre
Comportamento Digital

Conteúdo especializado produzido por
Maria Augusta Ribeiro

Leia também



#netnografia

Pai, você presta atenção ao tempo de tela do seu filho?

Porque o pai é o responsável pela tecnologia absorvidas pelas crianças em casa

netnografia

Belicosa: A força da Netnografia no Séc. XXI

Saiba quais as vantagens dessa pesquisa que busca ouvir o consumidor online

#maturidadedigital #telanamao #criancasetelas #maturidade #belicosa

Seu filho tem maturidade para ter uma tela na mão?

Saiba porque crianças menores de 10 anos não tem maturidade necessária para administrar o