A vida moderna nos trouxe novos desafios. E a tecnologia nos trouxe como resultados de seus avanços uma triste realidade. Estamos produzindo cidadãos com dependência em tecnologia e principalmente uma geração de dependente em telas.

A digitalização que caracteriza a sociedade atual esta afetando o estilo de vida adotado pelas novas gerações. Do nascimento a morte somos inundados por uma infinidade de dispositivos eletrônicos que não estão sendo tratados como ferramentas e sim como comandantes de nossas decisões. #telas

telasSe pensarmos do ponto de vista clínico, a Dependência Tecnológica é quando o indivíduo não consegue controlar o próprio uso das telas, ocasionando sofrimento e prejuízo significativo em diversas áreas da vida.

Mas não é o que todos nos estamos fazendo? Hoje os smartphones, pc, tables, e TVs passaram de suas funções iniciais de comunicação para um mix de ferramentas que estão saqueando mais a atenção do que servindo para melhorar nossas rotinas.

Diante desse cenário como saber se sou dependente em telas? De cara é bom lembrar que a dependência em tecnologia é uma patologia e somente um medico e ou psicólogo pode diagnosticar.

Mas com tantos dispositivos a nossa volta, podemos identificar algumas coisas.

telasComo quando seu companheiro não dorme, não como ou deixa de tomar banho porque suas atenções são para a internet e perde o controle da vida porque fica HORASSS em jogos online.

Quando seu filho fica ansioso ou irritado porque o uso da internet é restringido. E aumentados quando os esforços repetidos por ter uma vida fora do digital é malsucedida.

E quantas vezes tem colegas de trabalho com medo de ficar fora do mundo tecnológico e a uma preocupação excessiva se tem sinal, se o 5g funciona e se o e-mail já chegou?

Quando nossos avos acham que andam passando mais tempo online do que deveriam. Sim são as pessoas com mais de 70 anos alguns dos maiores campões em e-sports do mundo.

dependente em telasEm momentos que alguns de nos menti sobre a quantidade de horas conectados e tem necessidade de aumentar o tempo de uso para sentir a mesma satisfação que antes, mas esconde porque não quer ser taxado de “viciado em tecnologia”.

Quando crianças com amigos virtuais são levados a redes sociais inúteis para fugir de relações empobrecidas, conflitos familiares e isolamento social.

A total falta de interesse de alguns amigos por uma vida real com emoções que podemos sentir não somente almejar.

Com lideres com faces distorcidas por tratamentos estéticos e selfies infinitas em busca de aceitação na rede social para um marketing de proposito, sem mesmo ter um.

telasE fenômenos da tecnologia criando metaverso (terminologia utilizada para indicar um tipo de mundo virtual que tenta replicar a realidade através de dispositivos digitais) para gerações, mas colocando seus próprios filhos em escolas com zero acesso a tecnologia, porque sabe dos malefícios das telas.

 

As pessoas estão perdendo o controle de suas rotinas e usando o tempo de tela para fugir dos problemas. Sim, estamos todos nós ficando dependente de telas e nossas relações sociais, afeto e opiniões estão em risco.

 

Ok! E o que fazemos com tremenda informação? A primeira delas é colocar regra na vida. As máximas ter hora para acordar, comer, dormir é a premissa de uma vida com menos telas e mais decisões.

 

Ah sim, já vou avisando Isso da trabalho, porque ser melhor vai exigir que você seja exemplo para os seus filhos, que lideres sejam motivadores de suas equipes e que famílias comecem a exercitar a melhor ferramenta de comunicação de todos os tempos: A conversa cara a cara. Vamos praticar?

 

 

Maria Augusta Ribeiro é especialista em comportamento digital e netnografia. Belicosa.com.br

El Pais: Dependentes de telas

O que as telas estão fazendo com o nosso sono

Maria Augusta Ribeiro: – Estamos perdendo a habilidade de nos tocar com o digital 

Desconecte-se. Sua Saúde Mental agradece

Compartilhe:






Saiba mais sobre
Comportamento Digital

Conteúdo especializado produzido por
Maria Augusta Ribeiro

Leia também



telas

Será que sou dependente das telas?

Saiba porque a tecnologia esta criando gerações dependentes das telas

jogos online

Jogos online: vilão ou mocinho?

A exposição aos jogos online está oferecendo mais riscos do que benefícios?

netnografia

Netnografia: 3 Formas de analisar o comportamento do consumidor

Metodo de pesquisa digital vai ajudar o empreendedor a entender o consumidor -netnografia